19 de abril de 2013

Quinta-feira, 1o de setembro de 2005.

Negona, um beijão. Acabei de conhecer sua mensagem, produzida numa madrugada particularmente cheia de dúvidas, incertezas e questionamentos. As madrugadas seguramente foram projetadas para somatizar nossos anseios, perspectivas, medos, esperanças. A vida gradativamente vai nos temperando e através de uma madrugada insone vai nos preparando para muitas outras madrugdas que certamente nos permitirão melhor balizar nossa caminhada. E elas, tenha certeza, serão mais frequentes do que desejaríamos.

Lembre-se de que tudo começa com o primeiro passo. E você ja deu muitos passos, graças a Deus. A prudência, o medo, a vontade de seguir em frente, a auto-confiança, tudo mesclado devidamente, se constitui na receita do equilíbrio desejado. Seria de se estranhar que sua experiência de um ano longe de casa - bastante longe, por sinal -, sem nenhuma companhia para as horas de menos coragem, pudesse ocorrer sem eventuais acidentes de percurso. Como as coisas, maioria das vezes, acontecem no seu devido tempo, eu (data vênia) recomendaria:

1- Que você conclua e realize com sucesso tão somente as metas/tarefas fins programadas para a viagem.
2- Não procure levantar todos os questionamentos e dúvidas sobre o seu futuro profissional, num momento seguramente inadequado. Seria como comprar briga com um monte de gente simultaneamente, fora de tempo e lugar.
3- Programe uma atividade turística, orce as despesas, viabilize seu tempo.
4- Lembre-se que ao fim do seu tempo londrino estará encerrada tão somente esta etapa. Outras seguramente rolarão mais para a frente. As amizades a gente realiza, estabelece, sequencia ou deixa de "stand by" com vistas no futuro. Tudo sem traumas nem grilos.
5- Se por aí o tempo está feio (e deverá ficar horrível), aproveite para curtir o frio e a neve. Lembre-se que alguns viajam e gastam muito, só para curtir isso. No mínimo, servirá de consolo.
6- E mais: quando do seu retorno o sol estará aceso, Lucas estará andando, estaremos morrendo de saudades e seguramente as pendências profissionais estarão melhor definidas em sua cabeça. As flores não fotografadas nesta estação estarão disponíveis na próxima. Outras.

Saudade. Seu Pai*.
* meu pai é lindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário