2 de abril de 2013

ontem, ao me faltar o sono, aproveitei pra pôr o papo em dia contigo. me aprumei na cama, sentadinha, toda enfeitada de escuridão, a calcular o tempo que fazia desde a última vez em que nos encontramos, mesmo assim em pensamento. pra mais de ano. dialogamos um cacho de velharias já sem sentido e elas insistiram em doer mais uma vez. e como nunca se sabe quando será a última, mandei o orgulho pras cucuias e chorei todas as sombras de uma saudade que nem ouso mais sentir.

Um comentário:

  1. Breve, completo, discreto, verdadeiro, sincero, muito bom,

    ResponderExcluir