26 de maio de 2016

um tantinho acuada, confesso. é que sempre que um querer desponta, meu medo exibe os dentes.

4 de maio de 2016

ando tecendo estampa nova no bordado da vida com aqueles fiozinhos soltos que eu nunca soube onde amarrar. tá fazendo sentido. tá ficando bonito.