20 de novembro de 2012

chegou em meio a tropeços e pousou um beijo demorado em meu ombro esquerdo, a agradecer-me por povoar os principais cômodos do seu velho tédio. era o jeito que tinha para falar-me de amor, por demais comedido para aplacar minha dor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário