8 de fevereiro de 2012

quando cheguei lá, tão perto dele, percebi que ainda estávamos a léguas de distância. pretendia com aquilo, talvez, aprender a domar meus fantasmas - mas eles sequer apareceram pra mim. foi então que, surpreendentemente, vivi dias absolutamente meus numa terra que é dele. e voltei pra casa em completo silêncio, não sei ao certo se por coragem ou pura covardia.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Seus pequenos textos calam fundo, me abrem um espécie de novo mundo. Gosto muito dessa foto aí ao lado. Parece estar ao mesmo tempo cansada e alerta.Um abraço.

    ResponderExcluir