23 de abril de 2014

que outra coisa
haveria sido
daquilo tudo
que foi nada?

algo outro,
que não meu.
de alguém outro,
que não eu.

Um comentário:

  1. Que poema melodioso. Grava o audio, é um poema muito sonoro e sincero. Tudo de bom.

    ResponderExcluir