16 de novembro de 2011

estranho perceber que a completa inabilidade em me dar alento tenha sido o maior presente que ele tinha para me dar. a urgência que isso fez nascer em mim, no fim das contas, veio bem a calhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário