7 de novembro de 2011

“As cores são a chave, os olhos o machado, a alma é o piano com as cordas”


(Improvisation 19, Kandinsky)


(sempre que "descubro" - tão tardiamente - um artista que provoca a minha sensibilidade, sinto um rancor enorme do nosso sistema educacional, que não leva a educação artística nada a sério...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário